parceiros:







info@fotoadrenalina.com | +351.916 222 009





programa
condições e custos
reserva
imprimir
  19 outubro a 3 novembro

A nossa proposta

A Malásia é conhecida pela sua diversidade cultural e religiosa. Um país em que convivem harmoniosamente malaios, chineses, indianos e outras etnias que se dividem por diversas religiões - Islamismo, Hinduísmo e o Budismo. Um lugar que outrora já foi ocupado por holandeses, britânicos e portugueses é também reconhecido pelo seu interesse paisagístico. A metrópole Kuala Lumpur, uma cidade populosa, organizada com inúmeros arranha-céus e sem nunca perder de vista as grandiosas Petrona Towers, as paisagens paradisíacas que parecem ter saído de um filme de hollywood, a China Town, a Little India, a Arab Street, pequenas comunidades que nos levam a viajar sem sair do país.

Desta forma, a Malásia satisfaz os sentidos mais exigentes, mistura a cultura, a natureza luxuriante, as praias e ilhas paradisíacas, enche os olhos daqueles que sabem apreciar as diferenças culturais e ainda se revela um destino maravilhoso para registos fotográficos impressionantes.

 

Spots fotográficos

. Batu Caves

. Eco Forest Park

. Merdeka Square

. Edifício Sultan Abdul Samed

. Petaling Street (China Town)

. Templo Thean Hou

. Little India

. Wilayah Mosque

. Mercado Central

. Petronas Tower

. Bukit Bintang

. Praça Holandesa - Stadthuys

. Jonker Street

. Templo Cheng Hoon Teng

. Street Art

. Museu da Câmara

. Love Street

. Templo Kuan Im Teng

. Clock Tower

. Little India

. Penang Hill

. Sky Bridge

. Datai Beach

. Tanjung Rhu Beach

. Ilhas Perhentian

. Little India

. China Town

. Arab Street

. Gardens by the Bay

. Orchad Street

. Museu de Arte e Ciência

. Marina de Bay Sands

. Clark Quay

 

Técnica Fotográfica abordada

Fotografia de natureza (fauna, flora), paisagem urbana, fotografia de rua, paisagem natural e retrato.

 

Material fotográfico aconselhado

Tratando‐se de uma experiência fotográfica, até um simples telemóvel poderá ser utilizado para registar as suas imagens. Recomenda‐se a utilização de uma câmara reflex ou dslr, objetiva grande angular e teleobjetiva ou lentes fixas (35mm/50mm) para fotografia de rua. Baterias adicionais são outro elemento a ter em conta. O tripé é sempre opcional e para os mais entusiastas, Drone (de pequenas dimensões, mavic air recomendado.).

 

Destinatários

Esta experiência fotográfica destina-se a todos que gostam de fazer fotografia e viajar. O conhecimento fotográfico e o tipo de câmara que utiliza não são importantes, preferimos valorizar o olhar de cada um sobre o destino e que se interessem natureza e pelo enriquecimento cultural.


faixa_programa.jpg


Do 1º dia ao 15º dia:
Voo Portugal – Destino Kuala Lumpur

 

Chegar a um país com uma mistura rica de culturas, é preciso vir preparado para se surpreender e quebrar vários preconceitos. É como se fossem dois países, num. Depois da chegada do voo e check in no hotel, faremos o primeiro contacto com a cidade, as ruas e as pessoas.

O dia seguinte começa com a visita às Batu Caves, uma das principais atrações em Kuala Lumpur pelas suas conhecidas 272 escadas arco-íris. A viagem será feita através de Grab Taxi, a forma mais cómoda de chegar até ao destino. As Batu Caves são cavernas em rochas com mais de 100 metros de altura e é também o mais importante templo hindu fora da Índia. Na nossa companhia vão estar muitos amigos curiosos, uma vez que o templo está repleto de macacos.

Depois desta maravilhosa obra de arte, vamos conhecer o Eco Forest Park. No centro da cidade, longe das ruas movimentadas, diversas pontes suspensas criam um caminho diferente dentro da floresta. Uma caminhada curta, divertida e com vistas incríveis que darão excelentes fotografias.

A próxima paragem é onde a independência da Malásia começou - Merdeka Square. Um amplo espaço verde onde os locais aproveitam para relaxar. Em frente a este local emblemático, encontramos o Sultan Abdul Samed, um dos mais bonitos edifícios de Kuala Lumpur. Aproveitamos para dar uma volta neste antigo tribunal, e desfrutar de um passeio ao longo do rio na parte de trás do edifício.

Uma descontraída caminhada pelas ruas de Kuala Lumpur merece parar no café mais escondido da cidade. Merchant’s Lane Cafe, um ótimo sítio para beber um café e comer qualquer coisa.

À noite iremos para a Petaling Street, a conhecida China Town de Kuala Lumpur. Para além das barraquinhas de street food, encontraremos também muitas barraquinhas repletas de souvenirs.

A viagem continua com um misto de culturas. Vamos visitar o Templo Thean Hou, um dos maiores templos chineses na Ásia. A sua localização, no topo de uma colina, proporciona uma vista fantástica sobre a cidade. O segundo destino é a Little India. Cores, cheiros e sabores é o que podemos esperar deste cantinho indiano em Kuala Lumpur. Para quem gosta de comida indiana é um lugar ótimo para provar alguns dos pratos típicos e já agora fotografá-los.

Depois de uma viagem rápida até à Índia, está na altura de viajar até à Turquia. O próximo lugar - Wilayah Mosque ou Mesquita Federal é uma construção arquitetónica inspirada na Blue Mosque existente em Istambul, na Turquia, uma experiência capaz de deixar o queixo caído com a tamanha beleza deste espaço.

Malásia são também os sabores, por isso hoje experimentamos o Ali, Muthu & Ah Hock Kopitiam, espaço onde poderemos provar deliciosos pratos locais.

Após energias recuperadas, espera-nos uma atração imperdível - o Mercado Central de Kuala Lumpur. É um local frequentado por locais, o que é ótimo para observarmos o verdadeiro dia-a-dia dos malaios. Para além disso, há galerias de arte, teatro, lojas de antiguidades, artesanatos e até uma mini-índia.

Chegou a hora de visitar o icónico monumento de Kuala Lumpur. Vamos poder observar a grandiosidade do sexto edifício mais alto do Mundo - Petronas Tower. Quem quiser uma vista do seu topo, terá essa oportunidade, quem não estiver interessado faremos um passeio pelos jardins circundantes que têm uma vista incrível para as torres gêmeas.

Bukit Bintang é um famoso mercado noturno, é o melhor lugar para compras e para aproveitar a noite. Na rua Jalan Alor é onde podemos encontrar os melhores restaurantes de estilo street food.

A viagem avança para Malaca, para um day trip nesta cidade outrora dominada por portugueses. O autocarro que nos levará da rodoviária em Malaca até ao Centro da Cidade para na Praça Holandesa e este será o primeiro sítio a visitar.

Uma pequena caminhada até à rua mais famosa da cidade - Jonker Street. Muitos cafés, pubs, arte, é aquilo que nos espera nesta rua.

Logo ao lado da Jonker Street encontramos o Templo Cheng Hoong Teng, construído em 1645 e é o templo mais antigo ainda em funcionamento na Malásia.

O resto do tempo será aproveitado em caminhadas pelo rio Malacca, pelas ruas repletas de street art e lojinhas que parecem ter séculos.

Tempo de partir para um novo destino. George Town é a capital de Penang que é a maior ilha da Malásia e em 2008 a cidade se transformou em Património da Humanidade pela UNESCO.

Feito o check-in no hotel e o almoço em dia, vamos visitar aquilo que mais atrai os turistas até esta pequena cidade. O street art que combina pinturas com elementos reais fazendo com que interajam perfeitamente. Este percurso será feito numa trishaw (bicicletas de 3 rodas), onde um guia turístico nos guiará pelos principais pontos de street art.

Esta não poderia ser uma verdadeira viagem fotográfica se não ficássemos a conhecer mais sobre os aparelhos que usamos para capturar momentos, certo? Pois bem, está na altura de visitar o Museu da Câmara, um museu com uma coleção impressionante de máquinas antigas e ainda com diversos espaços interativos, como uma câmara escura ou ainda um estúdio fotográfico.

A adorável Love Street será o nosso próximo ponto de paragem. É uma ligação entre a Little India e a China Town e nela iremos encontrar casas chinesas de há muitos séculos atrás ainda muito bem conservadas.

À noite vamos para o Red Food Garden & Night Market, um complexo repleto de barraquinhas com diversas opções para jantar.

Começamos o dia no Templo Kuan Im Teng. Este templo marca a divisão entre a China Town e a Little India e as suas lanternas são o que mais chamam à atenção.

Hoje o dia será feito de caminhadas pelo centro histórico, por forma a conhecer e ver toda a maravilha que esta cidade reserva. De seguida, vamos até ao Queen Victoria Memorial Clock Tower, uma torre relógio com 60 metros, construída para homenagear a Rainha Victoria, já que George Town foi uma colónia britânica.

Uma caminhada mais até ao spot de almoço - Little India. Aqui podemos encontrar de tudo um pouco da gastronomia indiana.

À fim da tarde vamos apanhar um funicular que nos levará até Penang Hill, para assistirmos ao pôr-do-sol no ponto mais alto da cidade.

Pela manhã vamos apanhar um ferry para o novo destino. Langwaki é uma ilha com boas praias e boa comida.

A atração mais icónica desta ilha é Langkawi Sky Bridge, uma ponte de 125 metros de comprimento que fica a 700 metros acima do nível do mar e com uma vista de 360º de tirar o fôlego. O caminho até lá é feito de teleférico.

Não deixamos de visitar a Datai Beach. Esta praia só dá para visitar mesmo, para sentir a brisa do mar e deslumbrar com o cenário paradisíaco.

Não terminamos o dia sem visitar o Night Market de Langwaki.

O dia seguinte será passado na praia de Tanjung Rhu Beach. Relaxar, apanhar banhos de sol e de mar, preparar para a viagem de 8h que nos espera no dia seguinte.

Pela manhã apanhamos o autocarro que nos levará até Kuala Besut. Aí, apanhamos o ferry e vamos para as Perhentian Islands, o paraíso da Malásia.

Dois dias serão passados nestas ilhas e tudo o que teremos de fazer é relaxar de praia em praia, mergulhar, observar corais e animais marítimos, beber água de côco e apanhar banhos de sol.

É altura de avançar para o nosso último destino: Singapura. Um misto de modernidade com uma grande quantidade de bairros étnicos e que confere uma diversidade cultural de todo o tamanho a esta cidade.

Hoje o dia é dedicado às misturas étnicas presentes nesta cidade. Vamos viajar até à China, Índia e depois Médio Oriente. Vamo-nos perder nas cores, cheiros e sabores destes lugares tão distintos e pelo meio ainda vamos poder comer no restaurante com estrela Michelin mais barato do mundo - o Hong Kong Soya Sauce Chicken Rice and Noodle.

O nosso dia vai terminar com um espetáculo de luzes nas Super Tree do Gardens By the Bay, onde estas árvores gigantes ganham vida com uma exibição estimulante de luzes e sons à noite.

Começamos o dia a explorar os Campos Elísios de Singapura, a famosa Orchad Street, onde estão as lojas de marcas luxuosas, uma seguida de outra. De seguida, voltamos s à zona de Marina de Bay Sands. Fique novamente impressionado, agora durante o dia, passeando pelo meio das icónicas Super Tree. Depois subiremos a 22 metros de altura para passear pelo OCBC Skyway, desfrutando das vistas panorâmicas dos jardins e do horizonte da Marina Bay. Agora entre no Conservatório Cloud Forest,  um misterioso mundo coberto em névoa. Desfrute de vistas de tirar o fôlego da montanha, rodeadas por vegetação diversificada e gemas florais escondidas e aprenda sobre plantas raras e seu ambiente de desaparecimento rápido. Está na altura de conhecermos o maior centro tecnológico da cidade, o Museu de Arte e Ciência de Singapura. Este espaço oferece aos visitantes exibições permanentes e temporárias e dezenas de atividades interativas para todos os gostos. Enquanto passeia pelo icónico edifício em forma de flor de lótus, irá descobrir como a arte e a ciência transformaram a sociedade atual. O fim do dia será passado na zona da Marina de Bay Sands, uma vez que caminhar pela baía de Singapura é um passeio impressionante e digno de se fotografar.

O jantar será em Clark Quay, uma zona repleta de restaurantes, bares e muita animação para terminar assim uma viagem que será, com certeza, inesquecível.

 

16º dia:

Voo de Singapura para Portugal

 

programa_malasia.jpg

 

programa_malasia1.jpg

 

programa_malasia2.jpg

 

programa_malasia3.jpg


© 2009 Fotoadrenalina | optimizado para 1024 x 768 | Fotoadrenalina é uma marca registada