parceiros:







info@fotoadrenalina.com | +351.916 222 009 | +351.916 222 029





programa
condições e custos
reserva
imprimir
  25 abril a 5 maio - últimos lugares!

A nossa proposta

A Polónia, devido à sua localização central é frequentemente considerada o “coração da Europa”. Apesar de muitas invasões e da quase total destruição durante a Segunda Guerra Mundial conseguiu preservar grande parte da sua riqueza cultural e é hoje um país em crescimento e completamente reconstruído.
Entre as atrações turísticas do país encontram-se a cosmopolita capital Varsóvia, o centro histórico de Cracóvia, o campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, as minas de sal de Wieliczka, e a arquitetura de madeira e o lago Morskie Oko de Zakopane.
Visitar a Polónia é ter a possibilidade de visitar um museu a céu aberto.


Spots fotográficos
Varsóvia
. Cidade Velha e Nova
. Rota Real
. Praga
. Varsóvia comunista
. Varsóvia dos judeus

Cracóvia
. Cidade Velha
. Castelo de Wawel
. Bairro Kazimierz


. Campos de concentração Auschwitz I e Birkenau (opcional)
. Mina de Sal Wieliczka


Zakopane
. Arquitetura tradicional de Madeira
. Parque Nacional dos Tatras
. Morskie Oko


Técnica fotográfica abordada
Fotografia de rua, paisagem urbana, paisagem natural e retrato.


Material fotográfico aconselhado
Tratando‐se de uma experiência fotográfica, até um simples telemóvel poderá ser utilizado para registar as suas imagens. Recomenda‐se a utilização de uma câmara reflex, objetiva grande angular e teleobjetiva. Baterias adicionais e cartões de memória são outros elementos a ter em conta. O tripé é sempre opcional.


Destinatários
Esta experiência fotográfica destina-se a todos que gostam de fazer fotografia, de viajar,  de história, arquitetura, de natureza e de conhecer culturas diferentes. O conhecimento fotográfico e o tipo de câmara que utiliza não são importantes, preferimos valorizar o olhar de cada um sobre o destino.

 

programa.jpg



Do 1º ao 11º dia:

Voo de Portugal para Varsóvia.

Chegada a Varsóvia, a capital e maior cidade da Polónia. Após um período muito conturbado durante a segunda guerra mundial, onde foi quase totalmente destruída e dos tempos difíceis do socialismo do pós-guerra, Varsóvia é hoje uma cidade completamente reconstruída, cosmopolita, que não renega o passado e oferece uma enorme herança cultural.

 

Começamos a nossa experiência pelo coração da cidade, a praça Defilad. Fotografamos o Palácio de Ciência e da Cultura, edifício mais alto da Polónia e uma das heranças de Estaline e, seguidamente, subimos ao terraço no 30º andar onde teremos a oportunidade de apreciar e fotografar a 360 graus vistas deslumbrantes da cidade de Varsóvia.

Posteriormente vamos assistir ao espetáculo de água, luzes e música no Multimedia Fountain Park nas margens do rio Vístula, o mais longo rio da Polónia e depois um passeio pelos boulevards do Vístula.  

 

Continuamos a nossa experiência fotográfica na Cidade Velha de Varsóvia, a cidade velha mais jovem do mundo. Quase completamente destruída pelos nazis durante a segunda guerra mundial foi mais tarde fielmente reconstruída.  A cidade Velha figura na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO.

Na cidade velha destacamos a praça do Castelo com a Coluna do Rei Sigismund, o Castelo Real e a torre do sino da igreja St. Annes onde subiremos para fotografar a vista, de cortar a respiração, panorâmica da Cidade Velha. Ainda na Cidade Velha, visitaremos a Kanonia, pequena praça triangular com um enorme sino no centro e a casa mais estreita da cidade velha, o centro do coração medieval de Varsóvia, a Praça do Mercado, um dos locais mais pitorescos da cidade com uma estátua da sereia (guardiã e símbolo de Varsóvia) ao centro, uma rua charmosa com 78 degraus, chamadaas pequenas escadas de pedrae entre outros o Barbican, uma muralha de tijolo erigida em meados do séc.XVI.

na cidade Nova de Varsóvia visitaremos a rua Freta, o Warsaw Uprising Monument e a Praça Pitsdski.

Terminos no mercado Hala Koszyki, um dos mercados da moda entre os locais.  

 

É da Cidade Velha que se inicia o percurso da Rota Real que liga três residências reais: o Castelo Real, o Palácio na Água e o Palácio Wilanów. Pelo percurso passaremos pelas ruas Krakowskie Przedmieście e Nowy Świat, pela rotunda D´Gaule com a famosa instalação de Joanna RajkowskaGreetings Artificial Palm Tree, almoçaremos num Milk Bar, inventado pelas autoridades de regime comunista com o objetivo de oferecer refeições baratas a trabalhadores que não tinham cantina no local de trabalho. E assim podemos sentir a atmosfera dos tempos do socialismo.

No parque Lazienky apreciamos o monumento Chopin e ficaremos a ouvir um concerto de piano, ao ar livre, muito popular entre os habitantes e turistas.

Visitaremos o interior do Palácio de Wilanów considerado o Palácio de Versailles Polaco.

O jantar será no ambiente do mercado de comida Nocny Market, muito popular entre os habitantes de Varsóvia.

 

Do outro lado do rio Vístula o Bairro de Praga é a zona mais antiga e genuína da cidade onde muitas das fachadas dos prédios conservam os buracos das balas nazis. Considerada a pior zona de Varsóvia, pobre e com muita criminalidade tem vindo a mudar desde que artistas começarem a viver em fábricas e cortiços abandonados. Praga está repleta de pátios interiores com capelas, bairros de grandes armazéns e fábricas, prédios de habitação operária que quase nada mudaram depois da segunda grande guerra, de igrejas católicas, ortodoxas, de street art, bares e até lugares onde foram gravados filmes famosos, como é o caso doO Pianistae daA Lista de Schindler”.

Visitaremos o museu do Neon, onde podemos ver anúncios de néon da altura da guerra fria da Polónia. A posteriori vamos a uma das praias urbanas mais bonitas da Europa, a Poniatówka.

Viagem de comboio para Cracóvia, cidade mais visitada da Polónia.

 

Iniciamos a visita à cidade, da qual destacamos o centro histórico e o Castelo Wawel, fortificação renascentista com quase mil anos, ambos inscritos na UNESCO.

No centro histórico visitaremos a Praça do Mercado, a praça medieval mais importante da Europa, que possui no centro um mercado, o Sukiennice. Destacamos também a basílica Mariac­ką, com o seu altar suntuoso, a igreja de St. Adalbert, a torre Town Hall, a escultura Eros Bound, as charretes majestosamente decoradas que passeiam os turistas, e as esplanadas da praça.

Paramos em Lost Souls Alley, um museu interativo para uma experiência assustadora numa casa assombrada.

Avançaremos até ao Barbican de Cracóvia, depois, até à rua Grodzka, a rua mais antiga de Cracóvia e seguidamente visitaremos o Castelo Wawel, uma das mais importantes construções de Cracóvia.

 

A visita aos campos de concentração é opcional para os participantes, havendo uma alternativa na cidade de Cracóvia para quem não quiser ir a Auschwitz.

Visitada guiada aos dois campos Auschwitz I e Birkenau (declarados pela Unesco Patrimônio da Humanidade) para testemunhar a terrível realidade do passado no maior campo de extermínio naziA visita não deixará ninguém indiferente e haverá tempo para refletir e fotografar.

Voltando para Cracóvia passaremos pela Palácio Bishops e a janela Papal, pela igreja São Francisco de Assis e entre outros sítios, pelo pátio do Collegium Maius (antiga Universidade) onde podemos ouvir e fotografar o relógio musical. É tempo ainda para beber um copo e fotografar o bar Alchemia, no bairro Kazimierz.

 

O Bairro Kazimierz foi fundado no séc. XIV pelo rei Casimiro, O Grande, e na altura era uma cidade separada de Cracóvia, sendo no início do século XIX convertido num bairro de Cracóvia. Uma enorme comunidade de judeus viveu aqui antes da segunda grande guerra. É o segundo conjunto de monumentos judeus maior e valioso da Europa. Visitaremos a antiga Sinagoga, a High Synagogue e o cemitério Remu´h, a rua Szeroka que se mantém igual desde a segunda grande guerra, a street art, o mercado Pierogi Pi onde podemos provar as famosaszapiekanka (street food muito popular na Polónia).

 

A 20 minutos de Cracóvia visitaremos a Mina de Sal Wieliczka (património Mundial da UNESCO) explorada desde o séc. XIII.  A mina possui nove níveis e tem 327 metros de profundidade. O interior da mina é impressionante, com capelas esculpidas no sal, salas, esculturas, candelabros de sal e um lago subterrâneo.

Voltando a Cracóvia para voltamos ao bairro judeo de Kazimierz para fotografar e relaxar no bar PROPAGAN, um dos mais antigos e característicos bares de Kazimierz.

Viagem de Cracóvia em direção a sul para Zakopane, estancia de esqui mais popular da Polónia que oferece vistas deslumbrantes para as montanhas Tatra e é também muito conhecida pela arquitetura tradicional de madeira, símbolo da Małopolska.

 

A caminho de Zacopane faz-se uma paragem na tradicional vila do séc XVI, Chocholów.

Continuamos a nossa viagem fotográfica com passagem pelas igrejas de St. Michael, em Dębno (Unesco) e pela a capela Jaszczurówka.

Almoçaremos no Karczma Przy Młynie, onde provaremos as iguarias dos alpes poloneses.

Depois do almoço é tempo de explorar Zacopane. Destacamos o antigo cemitério, o museu Willa Koliba, a principal rua pedestre, a rua Krupowki e a subida pelo furnicular Gubałówka para fotografar a vista esplendorosa dos montes tatra.

 

O dia inicia-se bem cedo para percorrer 9 kms a ou de charrete (para os mais cansados) até ao lago Morskie Oko no Parque Nacional dos Tatras (Reserva da Biosfera pela UNESCO). O percurso é longo, mas muito bonito, e vale totalmente o esforço para fotografar um dos lagos mais deslumbrantes do mundo, de cor verde esmeralda, rodeado pelos alpes poloneses com neve. Durante o caminho até ao lago poderemos ter a sorte de ver lontras, ursos ou até veados

 

De Zakopane voamos até Varsóvia de avião.

 

O Museu do Levante de Varsóvia e o Museu POLIN são pontos de visita obrigatórios para conhecer melhor a história da cidade. O segundo foi premiado em 2016 com o prestigioso Prêmio Museu Europeu do Ano.

Seguimos em direção à praça Grzybowski, visitamos a sinagoga Nożyk, vamos até à rua Prozna Street onde podemos fotografar um edifício que não foi restaurado e mantém as marcas das balas dos Nazis.

Terminamos o nosso dia no Shopping Zlote Taras.

 

Regresso para Portugal.

 

 

programa_polonia10.jpg

 

programa_polonia11.jpg

 

programa_polonia12.jpg

 

programa_polonia13.jpg

 

programa_polonia1.jpg

 

programa_polonia14.jpg

 

programa_polonia2.jpg

 

programa_polonia3.jpg

 

programa_polonia4.jpg

 

programa_polonia5.jpg

 

programa_polonia6.jpg

 

programa_polonia7.jpg

 

programa_polonia8.jpg

 

programa_polonia9.jpg


© 2009 Fotoadrenalina | optimizado para 1024 x 768 | Fotoadrenalina é uma marca registada