parceiros:







info@fotoadrenalina.com | +351.916 222 009 | +351.916 222 029





programa
reserva
imprimir
  30 março a 7 abril|2018

A nossa proposta

São poucos os sítios do mundo onde se sente tanto o peso da História como no Cáucaso. Durante séculos, esta foi a terra de ninguém no duelo de forças entre três grandes impérios: o Russo, o Otomano e o Persa. Na atualidade, este microcosmos centra-se em três países: a Geórgia, a Arménia e o Azerbaijão. Esta experiência fotográfica centra-se na Geórgia.

 

Na cidade velha de Tbilisi, as ruas estreitam-se e o percurso fotográfico transforma-se num desafio labiríntico. Os edifícios têm um toque clássico decadente que lhes confere um charme muito próprio. Num cenário de boa fotogenia, há qualquer coisa que soa a nostálgico nesta cidade, talvez uma melancolia de um passado deslumbrante e faustoso que, pouco depois do seu apogeu, se foi desmoronando com a pátina do tempo. Mas mesmo ao lado, as margens do rio Mtkvari são terreno fértil para fotografar as novas construções de vincada arquitetura contemporânea, como o novo edifício da Presidência, a Ponte da Paz, a Casa da Cultura ou a nova Loja do Cidadão.  E será obrigatório um registo fotográfico dos vendedores de fruta e de flores que, com as suas bancas toscas, perfumam a área por onde passam, bem como do mercado de velharias que é aí diariamente montado.

 

Méstia, na zona de Svaneti, é o deslumbre da alta montanha. O percurso fotográfico pela aldeia, com particular interesse nas suas torres defensivas medievais e campos envolventes, continuando depois o caminho pelas suas encostas, até chegar a um glaciar. Nesta época, as montanhas estão vestidas de branco.

 

Visita a aldeia histórica de Ushguli, a aldeia permanentemente habitada mais alta da Europa.

 

A região de Kazbegi, com a sua famosa Igreja da Santíssima Trindade, é um dos ex-lybris da Geórgia.  Experiência fotográfica nesta zona montanhosa de beleza singular.

Ainda hoje muitos se perguntarão se a Geórgia se situa na Europa ou na Ásia. Não há uma resposta definida pois quem olha para a sua localização no mapa fica intrigado com este enigma geográfico. Cartografias à parte, este país é uma jangada de pedra que levantou amarras de um ancoradouro soviético e navega à procura de um porto de abrigo europeu. É ver (e fotografar) para crer.


Spots Fotográficos

. Centro histórico de Tbilisi

. Arquitectura moderna em Tbilisi

. Mercados tradicionais

. Trekking em Méstia

. Glaciar-(Chalaadi)

. Ushguli

. Montanhas cobertas de neve

. Mosteiros Arménios

. Igreja Santíssima trindade – Kazbegi

. Trekking no Monte Kazbegi

 

Técnica Fotográfica

Urbana, Street-photography, Natureza, Paisagem, Noturna, Retrato.

 

Material Fotográfico

Tratandose de uma experiência fotográfica, até um simples telemóvel poderá ser utilizado para registar as suas imagens. De qualquer modo, recomendase a utilização de uma câmara reflex, objectiva grande angular e teleobjectiva. Como material opcional, considere ainda a utilização de um tripé, cabo disparador e filtros de densidade neutra.

 

Destinatários

Esta experiência fotográfica destina-se a todos que gostam de fazer fotografia e viajar. O conhecimento fotográfico e o tipo de câmara que utiliza não são importantes, preferimos valorizar o olhar de cada um sobre o destino e que se interessem por Natureza e pelo enriquecimento cultural.


programa.jpg


1º  ao 7º dia:

Voo Portugal – Geórgia

 

Dedicamos o primeiro dia a Tbilisi. Temos uma cidade com excelente arquitetura para fotografar, bem como os seus mercados, igrejas ortodoxas e arménias, entre muitos outros pontos que chamarão a atenção do olhar de quem gosta de fotografar. Iremos voltar à capital no último dia.
 
Em seguida, partiremos para Méstia na região de Svaneti. Este dias serão  dedicados a fotografar a vila, apreciando a sua arquitetura, as montanhas que, com neve, cercam todo o espaço, e as suas gentes. Mas também iremos fazer um trekking pela montanha (grau de dificuldade baixo, com pouca inclinação) a fim de fotografar um glaciar. 
A seguir orientamos a nossa experiência fotográfica para o local mais alto, permanentemente habitado da Europa, a 2100 metros de altitude, perto do monte Shkara (5068 metros), lugar que está na lista de Património Mundial já desde 1996 - Ushguli.

Partida na manhã seguinte para Tbilisi para nos dirigirmos a Kazbegi.  O trekking durante o dia terá de passar pela igreja de Tsminda Sameba, uma das imagens mais famosas do país. Daí, continuar a subida até chegar aos lagos. De regresso, paragem a meio da montanha para fazer fotografia da referida igreja, mas enquadrada no meio de todo aquele cenário natural de excepcional deslumbramento.
 
No final voltamos à capital da Geórgia,  Tbilisi e  iremos fotografar outros pontos de interesse da cidade, como a feira de velharias mais famosa da cidade. O regresso a Portugal será com os cartões de memória cheios de muitas e boas fotografias.


8º dia:

Voo Geórgia – Portugal


programa_georgia1.jpg

 

programa_georgia2.jpg

 

programa_georgia3.jpg

 

programa_georgia4.jpg

 

programa_georgia5.jpg

 

programa_georgia6.jpg

 

programa_georgia7.jpg

 

programa_georgia8.jpg

 

programa_georgia9.jpg

 

programa_georgia10.jpg


© 2009 Fotoadrenalina | optimizado para 1024 x 768 | Fotoadrenalina é uma marca registada